A maioria da sociedade se afasta, critica ou simplesmente não busca a Doutrina Espírita por falta de conhecimento, chega a acreditar que em suas casas realizam-se trabalhos cujas finalidades é o interesse mudano de cada um de nós. A casa Espírita Kardecista é a casa de Deus aonde seus filhos sob a sua proteção e a ejede do Nosso Irmão Maior Jesus Cristo, direcionados pelos trabalhadores da vossa Santa Seara, recebem, assistem, auxiliam, orientam, esclarecem e confortam a todos aqueles que a buscam; independentimente da cor, raça ou religião. Nela se encontra apenas a conscientização de que " dai de graça o que de graça recebeste". É o pronto socorro de assistência e amparo aos aflitos e nescessitados de toda espécie, quer da vida material, quer do plano espiritual. Nada se cobra nem se exige, apenas se agradece pela oportunidade que o Nosso Pai Maior nos proporciona para que possamos aprender os seus Santos Ensinamentos pondo em prática o que o Mestre Jesus Cristo nos ensina: " Amai à Deus sobre todas as coisas, e ao próximo como a tí mesmo". Nada nela se realiza fora dos princípios do Mestre Jesus sem a orientação daqueles que espiritualmente a direciona. Seus trabalhadores materiais são apenas instrumentos necessitados que da oportunidade recebida agradecem ao Pai para que aprendam a servir sem olhar a quem e sem esperar recompensa. Muitos de vós, por não conhecerem a sua essência, não vos permites a oportunidade para que também sejais merecedores desta LUZ que nos ajuda a conhecer melhor a nós mesmos como filhos imperfeitos que somos e que ainda precisamos muito lutar para galgarmos um espaço à direita do Pai, aonde obteremos uma vida feliz sem dor e sem sofrimento. QUE DEUS NOS ABENÇÕE!!!

Passe Virtual- CLIQUE PARA TOMÁ-LO

RECEBA UM PASSE......Eleve o pensamento ao alto pedindo que Deus abençoe o teu lar, que a saúde sua e de seus familiares seja restabelecida... Momento de oração...

segunda-feira, 9 de novembro de 2009

AS DROGAS NA VISÃO ESPÍRITA


Meus queridos irmãos:

No artigo de hoje iremos abordar a controvertida e delicada questão das drogas.


Um dos problemas mais graves da sociedade humana, na atualidade, é o consumo indiscriminado, e cada vez mais crescente, das drogas, por parte não só dos adultos, mas também dos jovens e, lamentavelmente, até das crianças, principalmente nos centros urbanos das grandes cidades.




Diante de tal flagelo e de suas terríveis conseqüências, não poderia o Espiritismo, Doutrina comprometida com o crescimento integral da criatura humana na sua dimensão espírito-matéria, deixar de se associar àqueles segmentoda sociedade que trabalham pela preservação da vida e dos seus ideais superiores, em seus esforços de erradicação de tão terrível ameaça.




.O efeito destruidor das drogas é tão intenso que extrapola os limites do organismo físico da criatura humana, alcançando e comprometendo, substancialmente, o equilíbrio e a própria saúde do seu corpo perispiritual. Tal situação, somada àquelas de natureza fisiológica, psíquica eespiritual, principalmente as relacionadas com as vinculações a entidades desencarnadas em desalinho, respondem, indubitavelmente, pelos sofrimentos, enfermidades e desajustes emocionais e sociais a que vemos submetidos os viciados em drogas.
Revela-nos a ciência médica que a droga, ao penetrar no organismo físico do viciado, atinge o aparelho circulatório, o sangue, o sistema respiratório, o cérebro e as células, principalmente as neuronais.



Na obra "Missionários da Luz" - André Luiz ( pág. 221 - Edição FEB), lemos: "O corpo perispiritual, que dá forma aos elementos celulares, está fortemente radicado no sangue. O sangue é elemento básico de equilíbrio do corpo perispiritual." Em "Evolução em dois Mundos", o mesmo autor espiritual revela-nos que os neurônios guardam relação íntima com o perispírito.




Comparando as informações dessas obras com as da ciência médica, conclui-se que a agressão das drogas ao sangue e às células neuronais também refletirá nas regiões correlatas do corpo perispiritual, em forma de lesões e deformações consideráveis que, em alguns casos, podem chegar até a comprometer a própria aparência humana do perispírito. Tal violência concorre até mesmo para o surgimento de um acentuado desequilíbrio do Espírito, uma vez que o perispírito funciona, em relação a esse, como uma espécie de filtro na dosagem e adaptação das energias espirituais junto ao corpo físico e vice-versa.
Por vezes o consumo das drogas se faz tão excessivo, que as energias, oriundas do perispírito para o corpo físico, são bloqueadas no seu curso e retornam aos centros de força.



.A ação dos Espíritos Inferiores junto ao viciado pode ser percebida através das alterações no comportamento do viciado, dos danos adicionais ao seu organismo perispiritual, já tão agredido pelas drogas, e das conseqüências futuras e penosas que experimentará quando estiver na condição de espírito desencarnado,vinculado a regiões espirituais inferiores.




O Espírito de um viciado em drogas, por exemplo, em face do estado de dependência a que ainda se acha submetido, no outro lado da vida, sente o desejo e a necessidade de consumir a droga. Somente a forma de satisfazer seu desejo é que varia, já que a condição de desencarnado não lhe permite proceder como quando na carne. Como Espírito precisará vincular-se à mente de um viciado, de início, para transmitir-lhe seus anseios de consumo da droga, posteriormente, para saciar sua necessidade, valendo-se para tal do recurso da vampirização das emanações tóxicas impregnadas no perispírito do viciado, ou da inalação dessas mesmas emanações quando a droga estiver sendo consumida.
O Espírito de um viciado em drogas, em face do estado de dependência a que se acha submetido, no outro lado da vida, sente o desejo e a necessidade de consumir a droga.
Essa sobrecarga mental, indevida, afeta tão seriamente o cérebro, a ponto de ter suas funções alteradas, com conseqüente queda no rendimento físico, intelectual e emocional do viciado. Segundo Emmanuel, "o viciado, ao alimentar o vício dessas entidades que a ele se apegam, para usufruir das mesmas inalações inebriantes, através de um processo de simbiose em níveis vibratórios, coleta em seu prejuízo as impregnações fluídicas maléficas daquelas, tornando-se enfermiço, triste, grosseiro, infeliz, preso à vontade de entidades inferiores, sem o domínio da consciência dos seus verdadeiros desejos"





A Casa Espírita, como Pronto-Socorro espiritual, muito pode contribuir com os Espíritos Superiores, no trabalho de prevenção e auxílio às vítimas das drogas nos dois lados da vida. Com certeza, essa contribuição poderia ocorrer através de medidas que, no dia-a-dia da Instituíçao,ensejassem: Um incentivo cada vez mais constante às atividades de evangelização da infância e da juventude, principalmente com sua implantação, caso a Instituíção ainda não tenha implantado.




Estimular seus freqüentadores, em particular a família do viciado em tratamento, à prática do Evangelho no Lar. Essas pequenas reuniões, quando realizadas com o devido envolvimento e sinceridade de propósitos, são fontes sublimes de socorro às entidades sofredoras, além, naturalmente, de concorrer para o estreitamento dos laços afetivos familiares, o que decerto estimulará o viciado, por exemplo, a perseverar no seu propósito de libertar-se das drogas ou a dar o primeiro passo nesse sentido.





Preparar devidamente seu corpo mediúnico para o sublime exercício da mediunidade com Jesus, condição essencial ao socorro às vítimas das drogas, até mesmos as desencarnadas. No diálogo fraterno com o viciado e seus familiares, sejam-lhes colocados à disposição os recursos socorristas do tratamento espiritual: passe, desobsessão, água fluidificada e reforma íntima.


Meus queridos amigos, diante dos fatos e dos acontecimentos que estão a envolver a criatura humana, enredada no vício das drogas, geradoras de tantas misérias morais, sociais, suicídios e loucuras, nós, espíritas, não podemos deixar de considerar essa realidade, nem tampouco deixar de concorrer para a erradicação desse terrível flagelo que hoje assola a Humanidade.
Nesse sentido, urge que intensifiquemos e aprimoremos cada vez mais as ações de ordem preventiva e terapêutica, já em curso em nossas Instituições, e que, também, criemos outros mecanismos de ação mais específicos nesse campo, sempre em sintonia com os ensinamentos do Espiritismo e seu propósito de bem concorrer para a ascensão espiritual da criatura humana às faixas superiores da vida.
 

3 comentários:

Anônimo disse...

Prezado, Autor,

Primeiramente, quero lhe parabenizar pelo exposto. Mas a única pergunta que me faço é: até onde o espiritismo consegue chegar diante de tantas alternativas para um jovem ou outro, livrar-se das drogas. Digo isso, pois comecei a ser praticante do Kardecismo a 1 (um) ano e meio, mas participo de retiros espirituais realizados pela igreja católica. Lá, diversos participantes são ex usuários de drogas e um dos pontos que pude perceber que os ajudaram a se desvincular das drogas foram as características que a igreja católica utiliza nos seus cultos, ou seja, cantos, testemunhos, e outros. Diante disso, será que no Kardecismo a atuação frente a estes não deveria ser mais sentimental? ou devemos sempre procurar seguir caminhos alternativos?

Abs, André Felipe.

Lila Piancó disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Lila Piancó disse...

Caro visitante,vendo o seu comentário, gostaria de lhe passar o que tenho aprendido nesta Misericordiosa Doutrina desde os meados dos anos oitenta. E como afirmou o nosso querido Chico Xavier após cincoenta anos de mediunidade"Estou engatinhando nos ensinamentos dos espíritos", assim sou eu, tenho a certeza de que nem engatinhando ainda estou.
Aprendi que não é a Religião que faz por nós, mas esta nos orienta, apóia, esclarece,e ainda nos ensina que só fazendo a nossa parte, é que os céus fará por nós.Não é criticando, mas questionando que lhe afirmo:Que um tratamento como esse , se faz necessário que em parceria com a assistência material, espiritual e acima de tudo o nosso desejo de querer nos melhorarmos conquistaremos a cura para nossas meselas. Não devemos esquecer de que somos espíritos ocupando no momento o corpo material.Amor,Carinho e Compreensão da dor alheia é o nosso dever de Cristãos. A DOUTRINA ESPÍRITA KARDECISTA,é tudo isso, e mais O CRISTIANISMO REDIVIVO, MAS MESMO ASSIM , NÃO FARÁ POR NINGUÉM.NO EVANGELHO DE JESUS"NEM UMA DAS OVELHAS DO NOSSO PAI SE PERDERÁ,BUSCA QUE ENCONTRARÁS".O PAI quer que cheguemos a ELE com os nossos próprios esforços.A droga, é uma grave enfermidade,na qual precisamos ser assistidos materialmente e espiritualmente. Existe um livro no qual poderemos nos esclarecer mais sobre o assunto e nos fortalecer para a busca do nosso melhoramento.DRIBLANDO A DOR, DO NOSSO IRMÃO LUÍS SERGIO-Espírito , o qual contribui com o seu Amor em trabalhos espirituais, junto ao nosso querido MÉDICO DOS POBRES BEZERRA DE MENEZES.Mas mesmo assim sem a aceitação, desejo de mudança e esforço do enfermo, nada será concretizado.TRATA-SE DO QUE CHAMAMOS REFORMA ÍNTIMA,esta só quem pode realizá-la somos nós. Logicamente com a ajuda dos amigos ESPIRITUAIS (QUE SÃO TODO AMOR) da ciência material , que é indispensável para um tratamento clínico. VEM A ASSISTÊNCIA A FAMÍLIA, POIS A DROGA É CONSEQUÊNCIA DOS PROBLEMAS NÃO RESOLVIDOS NO NOSSO SEIO FAMILIAR. COMO ASSISTENTE SOCIAL,ME SINTO NO DEVER DE LHE ORIENTAR.NÃO USAMOS RITUAIS, O NOSSO PASTOR É O MESTRE JESUS, SOMOS APENAS ESTUDANTES QUERENDO APRENDER COM ELE A NÃO ERRAR MAIS,Quanto as músicas espíritas você poderá encontrá-las nos meus outros espaços, é só clicar ao lado deste blogue.INCLUSIVE LHE CONVIDO A VISITÁ-LOS,LÁ VOCÊ ENCONTRARÁ VÁRIAS ORIENTAÇÕES , AS QUAIS NÃO FORAM DADAS POR MIM.EM ALGUMAS SERVI APENAS DE INSTRUMENTO MATERIAL,EM OUTRAS PINCEI DE MENSAGENS QUE RECEBO DE AMIGOS E DA PRÓPRIA NET.
NO BLOG DA DOUTRINA ESPÍRITA VOCÊ VAI ENCONTRAR ALÉM DAS MÚSICAS BELÍSSIMAS, O EVANGELHO DO MESTRE JESUS PARA OUVIR. Agradeço-lhe a visita, espero que retorne e que MARIA MÃE DE JESUS LHE ABENÇOE.QUE BUSQUE SE APROFUNDAR NOS ENSINAMENTOS DA MISERICORDIOSA DOUTRINA,SEM QUE PARA ISTO PRECISE DEIXAR SUA RELIGIÃO. FIQUE COM DEUS!,,,